terça-feira, 22 de março de 2011

Ás vezes você erra tentando acertar. Quando estamos magoados fazemos coisas das quais não pensamos, e quando a magoa passa? Você percebe que magoou muitas pessoas, que não tinham que ser magoadas, pelo menos não daquele jeito. E uma desculpa não é o suficiente. Muitas vezes você precisa lutar pra concertar teu erro, e mais do que tudo… ter força pra levantar, e tentar novamente.

" É errado querer tentar? , querer que tudo der certo?!, querer amar e ser amada?!.. é errado querer ser feliz?!

" Tenho medo do que eu possa fazer quando ,nossos olhos cruzarem e nossos labios se tocarem."

Consequencias.

- Toda escolha que fazemos sempre nos traz as conseguencias, nos trazem marcas que por sorte algumas se apagam com o tempo , mas outras ficam pro resto da vida. As vezes por alguma escolha perdemos peças raras , perdemos amores , perdemos pessoas que amamamos , perdemos momentos inesqueciveis e unicos . Então antes de tomar alguma atitude , antes de fazer ou de falar pense. Pense que seu futuro é reflexo do que você vivi hoje.       Será que perdeu a pessoa certa por atitudes?"

domingo, 20 de março de 2011

Nunca diga eu te amo se você não for capaz de compreender este alguém que você diz amar. Falar que ama ainda não é viver o amor. É bom que o outro saiba que é amado. Mas acredite: muito mais importante é viver o amor. E o verdadeiro amor consiste em querer a felicidade do outro, mesmo quando a nossa ainda não existe.
 Perdemos o verdadeiro sentido do amor. Vivemos num egoísmo de achar sempre desculpas para vermos nossas vontades satisfeitas. Não existe mais o interesse em ajudar o outro, mas em ser sempre ajudado, mesmo que isso implique em fazer alguém infeliz. Talvez seja por isso que muito dizem não saber mais amar. Na verdade nunca amaram. Viveram um sentimento egoísta, passageiro.
 Quem ama se dá ao outro sem nada esperar em troca. O amor não é posse: é doação. Dedicar todo o tempo que temos para fazer alguém feliz. Aquele que só enxerga no outro um meio de satisfazer seus desejos, mostra que não ama. Se o amor é doação ele só consegue sobreviver quando no relacionamento existe partilha deste sentimento. Devo me amar, mas amar de verdade também o outro.
 Alguém já dizia que quando se planta amor, se colhe amor. Se você amar, o amor que você amou voltará pra você em forma de amor. Onde não há frutos, faltou o amor. Tudo que é apressado é mal feito. É preciso tempo, espera e renuncia para se amar de verdade. E só quem consegue plantar o verdadeiro amor colherá os frutos deste amor-doação.
 Se eu amo, eu compreendo. Não critico no outro aquilo que ainda está errado em mim.
Se eu amo, eu aceito o outro como ele é. Não vivo querendo que outro seja igual a mim.
Se eu amo, eu perdôo. Entendo as fraquezas do ser amado e me proponho a compreender seus momentos de queda.
Se eu amo, eu sou verdadeiro. Não preciso fingir ser outra pessoa para agradar o outro.
Se eu amo, eu sou paciente. Os melhores frutos são aqueles que tiveram a oportunidade de amadurecer no tempo certo.
 Amor de verdade a gente só sente uma vez. Ame e sua vida terá sentido. Mas faça de tudo para que o seu amor não seja fingido. Se a verdade for a sua companheira, o amor será o seu melhor amigo.
Sempre ouvi dizer que a vida ensina e que o tempo cura tudo. Mas hoje preciso te contar que certas coisas a vida ainda não fez o favor de me ensinar e que o tempo se atrasou e ainda não veio me libertar de uns desejos. (…) O tempo nem sempre cura tudo. Tenho feridas que já cicatrizaram, mas que insistem em latejar quando o dia está nublado. Tenho mágoas que já foram superadas, mas se lembro bem, se lembro forte, se penso nelas eu choro. E o choro dói, dói, dói como se fosse ontem. Tenho vontades que nunca passam. Tenho uma tara por chocolate e queijo que nunca saiu de viagem. Tenho mania de escrever em blocos e ter pelo menos dois deles sempre dentro da bolsa. Tenho sentimento de posse, tenho ciúme, tenho medo de perder quem é essencial na minha vida. Tenho medo de me perder, por isso acendo todas as luzes.
A vida me ensinou a perdoar os outros. Mas fez questão de me mostrar que a gente pode perdoar sem esquecer. Minha memória é boa, sei quem pisou na bola. Aceito que as pessoas errem uma ou dez vezes, desde que se arrependam com o coração. Arrependimentos da boca para fora nunca me convenceram, apesar de eu já ter caído em ladainhas toscas sem fim. A vida ainda não me ensinou a me perdoar. Me condeno, me mando para a cadeia, para a solitária, como pão e água. Cumpro minha pena e nem assim descanso. E eu não sei pedir. Meu Deus, eu não sei pedir ajuda. Nunca gostei de depender dos outros. E tem mais: não consigo dizer eu-preciso-de-você-agora. Sei que é simples, mas não sai. Algo me trava, a voz não sai.
Tenho um orgulho que não me deixa. Acho que tenho que ser a fortona do pedaço, que consigo me reconstruir, me levantar sem dar a mão para ninguém. Não gosto de admitir nem assumir fraquezas nem de demonstrar a minha própria fragilidade. As pessoas fazem SOS a todo instante. Choram, pedem, imploram, suplicam. Não consigo. Para mim isso é traição. Não consigo chegar para a outra pessoa e falar tô-acabada-tô-precisando-não-vou-conseguir-sozinha. Sinto um terror só de pensar.
Ninguém nunca me disse que eu precisava ser forte. Um dia, sei lá quando, eu resolvi que ia ser. Sempre fui aquela que ouviu todo mundo, automaticamente achava que tinha que dar força para os outros. É claro que mil vezes peguei o telefone chorando perguntando o-que-eu-faço. Mas isso é quando eu era adolescente e estava arrasada porque algum bonitão me deu o fora. Meus assuntos sérios e profundos eu nunca soube dividir. Penso que a vida é minha, o problema é meu, ninguém tem que ouvir minhas lamúrias, tristezas, coisas chatas e ruins. Penso que me viro sozinha. Penso que me resolvo comigo, que dou um jeito, que consigo.
Quer saber uma verdade? Isso cansa. Vejo tanta gente dizendo que eu sei tudo, que eu posso ajudar, que isso, que aquilo. Eu não sei nada, apenas me sintonizo com minhas emoções. Não posso ajudar em nada, apenas escuto o meu coração. Ele fala tanto que deixa tonta. Cansei de ser forte, cansei de não saber pedir ajuda, cansei de tentar fazer tudo ao mesmo tempo, cansei de não conseguir dormir direito pensando no que preciso comprar para a casa, cansei de tomar café pensando no que me espera no trabalho, cansei de não conseguir sossegar meu pensamento, cansei de esconder meu lado frágil, inseguro, cansado. Cansei de aceitar as minhas imperfeições sozinha. Por favor, me aceite também.
Que dia é hoje e de que mês?
O relógio nunca pareceu tão vivo
Eu não posso prosseguir
E eu não posso desistir
Tenho perdido tempo demais

Porque somos você e eu e todas as pessoas
Com nada para fazer
Nada para perder
E somos você e eu e todas as pessoas
E eu não sei por quê
Não consigo tirar meus olhos de você

Todas as coisas que quero dizer
Não estão saindo direito
Eu estou tropeçando nas palavras,
Você deixou minha mente girando
Eu não sei pra onde ir daqui

Porque somos você e eu e todas as pessoas
Com nada para fazer
Nada para provar
E somos você e eu e todas as pessoas
E eu não sei por quê
Não consigo tirar meus olhos de você

Existe algo sobre você agora
Que não consigo compreender completamente
Tudo o que ele faz é bonito
Tudo o que ele faz é certo

 
Que dia é hoje e de que mês?
O relógio nunca pareceu tão vivo
(...) se não houvesse problemas, é como se uma rajada de sol invadisse o meu olhar , por trás dos teus olhos guarda a mais bela das flores e o mais puro segredo do amor , nos teus lábios é onde encontro a chave para todas as dúvidas, é como se representasse a mais pura razão de amar, e que não sejamos perfeitos mas sim completos.
A realidade é algo do qual não conseguimos escapar,
se você é um fujitivo da realidade, o melhor é se render,
não viva de ilusões, não viva de mentiras, pois no final de
cada dia você acabará pagando o preço de seus atos, por mais
insignificantes que sejam.
Levante e avante!
O que vale é ser você, viver pra provocar, provocar pra fazer
a diferença, vamos em frente.
Não tenha medo de ser o que você é e também não tenha medo de
quem é do jeito que quer ser, porque eu vivo o que sou, o que
falo, o que faço, o que quero.
E quando eu morrer, nada ficará para trás, porque eu vivo
tudo que tem que ser vivido. Bato de frente com meu destino,
não deixo que nada fique na vontade.
E a vida é isso, quando eu pensava que não tinha mais jeito...
Eu me lembrava de como é bom viver!

Eu sempre te esperei.

Numa manhã de domingo, um domingo normal com nuvens
espalhadas por um céu infinitamente azul e o sol que brilhava
constante e sem desaparecer. Acordei com o canto dos pássaros
que cantavam felizes ali perto, contemplando o dia lindo.
Peguei meus óculos, minha bicicleta e saí pelas ruas da cidade,
como de costume colocava os fones no meu ouvido e saia apreciando
tudo que estava a meu redor, observava os carros passando, as
pessoas andando, as crianças brincando em frente de suas casas ou nos
jardins das ruas.
Fiquei imaginando aquilo, todas aquelas pessoas parecendo tão
felizes, ou será que era apenas uma máscara em suas faces sorridentes?
Depois de andar por mais uns dois quarterões me deparei com algo
deslumbrante, um sorriso que ofuscava tudo que estava a minha volta,
os lábios eram tão bem desenhados que pareciam ter sido pintados por um
artista muito foda, ou simplesmente por um desenhista de rua.
Meus olhos agiram tão rápidos que já tava exigindo aquele sorriso, meu
coração batia rápido demais, parecia que eu ia ter uma taquicardia ali
mesmo, inesplicável como eu fiquei.
Nem tinha percebido que havia parado de pedalar e estava no meio da rua
paralizada com ela, não sei quanto tempo fiquei ali olhando-a, sentada
na praça lendo um livro com uma grande concentração, suas mãos também
eram lindas, pegavam no livro com tanta delicadeza, o vento batia em
seu rosto e em seus cabelos que eu conseguia sentir até o aroma que deles
exalavam, cheiro de mel e flor... Tão doce quanto seu sorriso.
Pensei em ir até lá, mas a carogem me faltava, que estranho, sempre
fui direta quando queria uma coisa. Queria muito ouvir sua voz, resolvi
ir perguntar a ela as horas, e assim percebi que estava tremendo. Só
então o desespero chegou, ela havia se levantado e estava saindo, eu não
podia deixar ela ir assim sem nem ouvir sua voz, comecei
a seguí-la, mas o fluxo de gente e carros aumentou e logo ela havia
sumido.
Trsiteza, foi o que senti, mas não ia desistir, voltaria no outro dia
na mesma hora, até encontrá-la novamente, afinal nada é por acaso, pois
eu sempre fazia esse mesmo passeio e nunca havia percebido ela por aqui.
Desci da bicicleta e resolvi voltar pra casa andando, me virei e por
magia, talvez do amor, ela estava na minha frente.
Nossa como ela era linda, fiquei sem palavras quando nossos olhares se
encontraram e ela sorriu, seu riso foi tão cheio de significados e...
amor!
Ficamos paradas nos olhando por um bom tempo, talvez minutos ou apenas
segundos, ela chegou mais perto de mim e me abraçou, depois sussurou
calmamente no meu ouvido:
-Demorou, mas finalmente você me encontrou.
Continuei sem palavras, eu já estava me odiando por isso, foi quando ela
pegou minha mão e guiou até a minha casa.
A minha única reação era sentir sua mão quente e macia na minha e eu
definitivamente não me cansava de olhar pra ela, a perfeição diante
dos meus olhos.
Quando chegamos no portão da minha casa ela me abraçou com muita
firmeza e disse:
-Posso te fazer uma pergunta?
-Sim!
-Você é sempre tão distraída assim, que não percebe algo tão nítido?
-O que por exemplo?
-Que eu sempre te esperei.
E assim nós lábios se fundiram como um só.

sexta-feira, 11 de março de 2011

teu jeito de falar comigo, de pedir para que eu me cuide enquanto você não está por perto, teu jeito de sorrir quando eu coloco o cabelo pra tras, o jeito lindo que teu olho fica quando olha no meu e percebe que estão brilhando por sua causa, o jeito que você me abraça e pede para que eu não saia de perto e o jeito como você percebe exatamente tudo que eu estou fazendo, são só os primeiros itens da lista de coisas que eu amo em você.eu poderia escrever dias se isso fosse te fazer sorrir mas eu sei que você prefere ouvir isso de mim, e esse é outro motivo que se encaixa perfeitamente na lista infinita de coisas que eu amo em você…

domingo, 6 de março de 2011

Saudade

" Nunca sentir esse sintoma tão forte como to sentindo agora , sintoma que me faz ficar sem ar , que me faz trocar noites por pensamentos ,e quando eu penso me vem lagrimas nos olhos..  que me faz querer sumir e não ver ninguem so você , pra sempre você "

Saudade doi doi , machuca

quarta-feira, 2 de março de 2011

Eu adoro você (L)

Deus confiou a mim tuas lágrimas                                     
Me deu a missão de estar contigo aonde for           
Te socorrer quando andares mal                                   
Ser teu conforto quando sentires dor
Sou mais que um amigo, sou teu anjo guardião
Aquele que te leva ao céu, te carrego pela mão
E sempre serei os teus olhos quando a dor te cegar
Te levo em meu colo se o teu passo falhar
Serei um elo entre o céu e você
Pra sempre serei tua luz se a escuridão te assustar
O abraço e o ombro pro teu pranto rolar
Serei um elo entre o céu e você
Sou teu anjo guardião
Deus confiou a mim teus segredos
Tudo do teu coração pra que eu possa te ajudar
Ser teu abrigo quando a chuva vir
Ser teu apoio pra não te deixar cair
Sou mais que um amigo, sou teu anjo guardião
Aquele que te leva ao céu, te carrego pela mão
Vou te abraçar com minhas asas
Levarei teu coração ao coração de Deus

Amizade



" Hoje eu posso dizer que não sei o que seria sem vocês.. o que me deixa mas feliz é saber que em todos os momentos são vocês quem estão do meu lado me dando força , me apoiando me fazendo sorrir. Eu sei que vocês não estarão comigo em momentos alegres ,mas sim nos tristes também. quero dizer o quanto são importantes pra mim, o quanto seus conselhos me fazem ir sempre pra frente, me faz sonhar me faz realizar. Eu nunca vou me esqueçer que em um dos momentos mais dificeis da minha vida, foram vocês quem tavam do meu lado , e realmente se não fossem palavras como a de vocês não saberia o que fazer.. são anjos como vocês que eu quero pra sempre em minha vida ,eu desejo tudo de otimo pra nós , que nossos caminhos sejam sempre iluminados e por onde passarmos possamos ter muito sucesso em nossa caminhada. so em saber que em qualquer hora , e a qualquer momento tenho alguem pra conversar, pra chorar e pra rir é um orgulho, sempre vou estar ao lado de cada uma, dando passos , errando e aprendendo , sorrindo de chorando. e o melhor sendo feliz (LLLLLLLLL) Obrigada por existirem em minha vida.


Leilá argolo , carol almeida , emilly almeida (L)

terça-feira, 1 de março de 2011